A conquista do Porto por Soult em 1809


Planta da cidade do Porto, edição da Câmara Municipal comemorativa dos 150 anos do Cerco do Porto

A 10 de Março de 1809, o marechal Soult entrou em Portugal, conquistando logo de seguida a cidade de Chaves. Dirigindo-se para o Porto, os franceses enfrentaram as forças portuguesas em Salamonde e Carvalho d' Este, perto de Braga, saindo vitoriosos. Obrigado a atravessar o rio Ave em Santo Tirso, devido à feroz resistência dos portugueses na Trofa, Soult acampou em S. Mamede de Infesta. No Porto estavam ainda em curso as obras de defesa, com 20.000 homens apoiados por 35 baterias dispostas ao longo de uma linha que ia de Campanhã à Foz: baterias da Foz (1), Lordelo (2), Ramalde (3), Prelada (4), Glória (5), Monte Pedral (6), Lapa (7), Aguardente (8), Lindo Vale (9), Sério (10), Póvoa de Cima (11), Quinta dos Congregados (12), Cativo (13), Bonfim (14) e Campanhã (15). No dia 29 o  inimigo efectuou o ataque final, entrando pelas baterias de Aguardente e de Monte Pedral, e a cavalaria pela de S. Barnabé (Prelada), dirigindo-se rapidamente para a Ribeira.

Fonte: Jornal de Notícias, 29 Março 2009

0 Response to “A conquista do Porto por Soult em 1809”

Leave a Reply